Feliz Páscoa Ressureição de Cristo!Domingo de RamosÚltima CeiaCrucificação de Jesus CristoRessurreição de Cristo - Páscoa
Mensagem Favorita

O jardim das Acácias

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Fábulas
Views: 3995
Envios: 15
   O jardim das Acácias

Certa ouvi um canto, vindo do extremo sul
do Vale Hidelbrando
pela mata noite e dia
caminhei ao som uivante

ouvindo aquela melodia
que me zumbia
sem parar crescia

Doce voz, me impulsionava
e em largos passos
eu andava

Desposto a enxergar
qual fosse a face
daquele cantar

Cheguei perto
muito perto...
me encolhi entre fachos de capim cidreira
a espreita pela beira
a doce sereia

Era bela!
Muito bela!
Cantava a frente 
de um Jardim Reluzente

Tanto quanto a beleza da dama
me constrangia
como aos olhos me cegava
a natureza
que lá estava

Era como se aquela dama
fosse a mãe natureza

Cantava sobre toda a beleza
possível de se existir
quase que cada tom de silaba
gera-se átomos de trilhas
que brilhavam
como que se palavras
piscavam
como brilhos 
de pó piscante
as palavras da bela
como magia
davam luz 
aquela esfera!


Quase indescritível era aquela visão
Ma notei , a oeste, ao fim do espaço desta
que haviam peta-las soltas ao chão dela

que banhavam seus pés
rodeados de flores
mas acolchoados das pétalas 
que ao lugar, perfumavam

mas porque tantas flores desculpidas
em meio as lágrimas dos olhos que caiam?
Ela cantava, sobre um príncipe que a havia
algum tempo perecido

ao mexer por entre as folhas escondidos
toquei sem perceber num guizo
que soou, aos ouvidos da dama


Ela assustou-se diante do sonido
e escondeu-se depressa entre os troncos rompidos
e seu olhos mostraram chama
tanto quanto suas lágrimas em flama

-Ei, desculpei-me
mas as dias ouvi o canto
e respondi a este encanto

-Porquê choras bela dama
enquanto paira sobre este jardim?

Após fitar-me quase por um minuto
me mediu dos pés ao topo
e sorriu, á minha pergunta
ousada,

Respondeu-me ao mesmo tom
- Se alguém tú já perdeu
Tú sabes então a dor de não mais ter
a presença de um teu

Ela sorriu, e contou-me de seu amado
daquele tesouro, plantado
daquelas flores, que representavam 
tantas amizades, perdidas
numa dura batalha pela vida

Seu companheiro, era um príncipe valente
mas extremamente 
zeloso, com seu jardim

Mas certo dia, reunido ao Mosteiro
ficou sabendo, de um duro guerrilheiro
que ameaçaram inocentes damas
de um perto vilarejo

tal qual como quão zeloso era,
com tudo e com todos
tomou para si a afronta
e se pôs a defender

Seus amigos não obstante, 
se empenharam a segui-lo
mas incautelosamente caíram
numa emboscada a sua frente

As damas nada mais eram
que invejosas flores bruxas
que o enganaram até a morte

Ela cantou desde então, todos os dias
pela perda de seu amado!

e cada pétala de flores murchas
ela pisou, como se pudesse pisar sobre bruxas
que levaram seu amor!

Mas decidido a romper o mistério
fui com meu cajado além do lago
E encontrei o vilarejo, que causou engano 
aquele triste desfecho

Avancei a cabana a minha frente
e ninguém via, para que eu pude-se tomar parte
somente vi vultos a minha volta
com sussurros e uivos
a todo lado

Empunhei em tão em ataque 
e surpreendi quem as costas, me esperava ali
Era uma velha, que amaldiçoava o príncipe e a Dama 
do Jardim

Após soltar faiscas de seu corpo cerrado
esta velha desapareceu, ao nada
e um encanto do mal fora quebrado!

Nada a mais vi, depois disto

eu acordei ao som do canto
mas a Dama não mais cantava
Puder ergue-me para ver, ao fim do lago
a Dama e sua flores de Acácias

Mas aquele show parecia não ter fim
Ela rumava sobre as águas ao encontro 
de seu príncipe
e Juntos dançavam flutuantes
sobre o Jardim Das Acácias!

Como que por sonho 
me vi depois em outro lugar
num vilarejo cheio pessoas
e crianças 
a mesma música a cantar

e cantavam 
sobre a Lenda da Dama do Jardim das Acácias!
imagem
Imprimir
Publicação:2009-11-20
Nota:6,50/10, com 576 votos.
  • Enviar
  • Editar
Enviar por ORKUT
Remetente
Destinatário
Agenda
Recado Pessoal
Enviar em: / /



Mensagens Virtuais
Participe: O que você quer ver nesta página?
Contato: Envie sugestões e dúvidas
Erro: Informar erro nesta página
Cadastro: Cadastre-se e tenha seu blog



Mensagens Virtuais ® por Renato Hoffmann
Desde 21/09/98 - 14 anos | Brasil
Mensagens Virtuais

Mensagens Virtuais de páscoa
Carregando...